REGULAMENTO


A VOTAÇÃO

A votação ocorrerá durante os desfiles dos Grupo A e B, na passarela, de acordo com a data estabelecida pela Associação das Escolas de Samba da Cidade do Rio de Janeiro.

OS JULGADORES

O corpo de julgadores será formado, por espectadores presentes no Sambódromo no dia dos desfiles dos Grupos A e B do Carnaval Carioca, além dos coordenadores do Prêmio S@mba-Net. As fichas de julgamento deverão ser entregues à coordenação do Prêmio S@mba-Net logo após o término dos desfiles.

O JULGAMENTO

Para cada quesito em julgamento o jurado deverá fazer até três indicações na referida ficha de julgamento.

A APURAÇÃO

Em reunião com toda a coordenação, todos os votos serão apurados, criando-se uma nova lista com os três mais votados de cada quesito.

O RESULTADO FINAL

De posse da nova lista de três indicados mais votados, em reunião fechada e não virtual da coordenação do Prêmio S@mba-Net, os indicados serão analisados e debatidos com o objetivo de apontar os vencedores do troféu S@mba-Net. Esses premiados terão seus nomes publicados no site da premiação e nos meios de comunicação.

A PREMIAÇÃO

A festa para a entrega dos troféus aos grandes vencedores do Prêmio S@mba-Net será realizada no mês de maio, em data que será definida pela coordenação do Prêmio e publicada no site da premiação, assim como nos meios de comunicação.

QUESITOS E CRITÉRIOS PARA JULGAMENTO


MELHOR ESCOLA

O prêmio caberá ao presidente da escola. Considerar: Desfile como um todo, seu conjunto, comunicação e emoção transmitida.

MELHOR BATERIA

O prêmio caberá ao Mestre de Bateria.
Considerar: Ritmo, cadência, firmeza e entrosamento com o samba-enredo.
Não considerar: Fantasia, quantidade de componentes e coreografia.

MELHOR ALA

O prêmio caberá ao presidente da ala.
Considerar: Empolgação, canto, organização, efeito e adequação da fantasia ao enredo.
Não considerar: Coreografia.

MELHOR CASAL DE MESTRE-SALA E PORTA-BANDEIRA

O prêmio caberá a cada um dos componentes do casal.
Considerar: Elegância do casal, comunicação, dança e entrosamento.
Não considerar: Riqueza das fantasias.

MELHOR COMISSÃO DE FRENTE

O prêmio caberá ao coreógrafo da Comissão de Frente.
Considerar: Exatidão da coreografia, criatividade, elegância e adequação da fantasia.

MELHOR SAMBA-ENREDO INÉDITO

O prêmio caberá aos compositores do samba-enredo.
Considerar: Letra e melodia; comunicação e pertinência ao enredo.
Não considerar: Desempenho do puxador e da bateria.

MELHOR PUXADOR DE SAMBA-ENREDO

O prêmio caberá ao puxador da escola.
Considerar: Qualidade vocal, entonação e dicção.
Não considerar: O canto da escola e possíveis deslizes da bateria.

MELHOR ENREDO

O prêmio caberá ao carnavalesco da escola.
Considerar: Desenvolvimento da idéia, pertinência fantasias-alegorias-enredo, e criatividade.
Não considerar: Letra do samba e luxo de alegorias e fantasias.

MELHOR ALEGORIA

O prêmio caberá ao carnavalesco da escola.
Não considerar: Letra do samba e luxo de alegorias e fantasias. Considerar: Beleza, postura e integração de seus componentes (destaques e composições), adequação da alegoria ao enredo, criatividade e acabamento.
Não considerar: O luxo como o único requisito de análise.

MELHOR CONJUNTO ALEGÓRICO

O prêmio caberá ao carnavalesco da escola.
Considerar: Beleza, criatividade e adequação das alegorias ao enredo.
Não considerar: O luxo como o único requisito de análise.

MAIS ELEGANTE GALERIA DE VELHA-GUARDA

O prêmio caberá ao presidente da Velha-Guarda.
Considerar: Beleza, elegância e comunicação com o público.
Não considerar: O luxo como único requisito de análise; coreografias.

MELHOR ALA DE CRIANÇAS

O prêmio caberá ao responsável pela Ala de Crianças.
Considerar: Canto, harmonia, fantasia e animação.
Não considerar: O luxo e coreografia como requisitos de análise.

MELHOR ALA DE BAIANAS

O prêmio caberá ao responsável pela Ala de Baianas.
Considerar: Harmonia, fantasia, espontaneidade e evolução.
Não considerar: O luxo, coreografia e quantidade de baianas.

MELHOR ALA DE PASSISTAS

O prêmio caberá ao responsável pela ala de passistas escolhida.
Considerar: Samba no pé, elegância e comunicação com o público.
Não considerar: O luxo das fantasias, coreografias e quantidade de passistas.

MELHOR CONJUNTO DE FANTASIAS

O prêmio caberá ao carnavalesco da escola.
Considerar: Beleza, adequação ao enredo, fácil leitura e criatividade.
Não considerar: O luxo como único requisito de análise.

MELHOR DESTAQUE DE LUXO

O prêmio caberá ao componente escolhido.
Considerar: Beleza, luxo, requinte, adequação e comunicação com o público.
Não considerar: Se o destaque estiver no chão ou em um carro alegórico.